quinta-feira, novembro 15, 2007

A exportação Mangá

Na revista Wired foi dado este mês especial destaque à Mangá, estilo de BD japonesa. O assunto gira à volta desta arte e a forma como a Mangá vai conquistando cada vez mais seguidores e admiradores, principalmente nos states, visto a revista ser dos E.U.A. No entanto, o fenómeno alarga-se a todo o mundo, adquirindo cada vez mais fãs das séries publicadas neste formato. Portugal não é excepção. Nas livrarias do género ou Fnacs é possível encontrar uma quantidade enorme de títulos de Mangá. Estilos, existem vários. Para verem o que melhor se adapta àquilo que procuram, basta espreitarem aqui. Poder-vos-á dar uma preciosa ajuda se quiserem iniciar-se neste estilo de Banda Desenhada. Eu confesso que leio muito pouco Mangá, pois nem tudo o que vejo me agrada. Percebi também que é uma questão de hábito que mais tarde se torna vício, daí não ter abusado muito, pois se já é como é mensalmente em consumo de BD, se acrescentar Mangá estou desgraçado.
Mas o melhor mesmo é lerem o artigo e os vários tópicos com ele relacionados, para uma melhor noção de como a BD japonesa conquistou tantos corações. Deixo-vos ainda um PDF, para lerem na ordem correcta (da direita para a esquerda), que ilustra essa mesma realidade. Fica ainda o link da Wired, onde podem ler o artigo e os quatro outros textos relacionados com essa expansão. Boas leituras!


Mauro Bex : maurobindo

9 comentários:

_Loot_ disse...

A única manga que li inteira é a obra prima que dá pelo nome de AKIRA.

Uma cosia que me afastava no manga era que quase todos os livros que eu encontrava na fnac estavam em francês, espero que isso já tenha mudado pois o meu francês é muito fraquinho.

maurobindo disse...

Tenho de ler Akira um destes dias...
Deixa lá que o meu francês´também não vai longe... Chegaste a ler o artigo que fala sobre o mundo paralelo de mangá "dojinshi"? Brutal...

Radjack disse...

Eu ainda não li Akira, mas comecei À pouco tempo a ler manga e já estou rendido...
Só é pena o curto orçamento que tenho...
Vale mesmo a pena dar uma vista de olhos.

maurobindo disse...

Esta malta da mangá "underground" (não tão underground assim...) é muito à frente.

_Loot_ disse...

O artigo do "dojinshi" dá para ler no link que colocaste neste post?

maurobindo disse...

Sim _loot_, basta clicares onde diz "link da Wired". Vale a pena ler.

Renato disse...

Ó 'chô' Mauro, quando quiser Mangás, sabe bem onde se dirigir!
xD

De Akira, só vi o filme, em mangás são vários volumes, e conseguir segui-los em Portugal é a m**** que todos nós sabemos.

Sou gajo mais de animes, mas do que já li, recomendo:

- Kentarou Miura: Berserk, The King of Wolves, Japan
- Kya Asamiya: Dark Angel
- Hiroaki Samura: Blade of the Immortal

Anónimo disse...

Eu comecei com Ranma 1/2 e outra manga na decada passada da texto editora,comprei um numero de cada,muitos anos depois comprei um numero de alita battle angel brasuca na fnac e adorei,e no ano passado comprei 2 volumes das 2 series novas da Mangaline que ficaram no numero 1.
E pronto esta é a minha passagem pelo manga o que eu via/vejo muito eram animes.

Grimlock

maurobindo disse...

Renato, já me emprestaste uns quantos CBRs com uma ou outra mangá e foi porreiro de se ler. Mas do princípio ao fim, penso só ter lido "The Nightmare Before Christmas", numa adaptação do filme de Tim Burton. Tenho de aprofundar mais o género.

Vou ter em conta as tuas recomendações Grimlock. Thanks!