segunda-feira, setembro 17, 2007

DAENERYS, A Mãe dos Dragões

Numa visita sem grande propósito que fiz ao site da editora Saída de Emergência, deparei-me com algo não muito comum no nosso Portugal, o download gratuito de um livro inteiro! Como o género Fantástico é a minha literatura de eleição, pensei em partilhar este "brinde" convosco. Não sei praticamente nada sobre o livro nem sobre o seu autor, mas nada como ler para conhecer. Fica uma sinopse do mesmo, para melhor vos elucidar. Espero que gostem, tal como eu mesmo espero gostar. Ebooks à "palex" não são todos os dias... Boas leituras!

Esta é a história de Daenerys, a última descendente da dinastia Targaryen, antigos senhores dos Sete Reinos. Exilada pelo Usurpador, Daenerys terá que crescer mais depressa do que seria normal para uma menina da sua idade. E em vez do luxo destinado aos senhores dos Sete Reinos, terá que experimentar as agruras da fuga, da carência, das tentativas de assassinato, do casamento forçado...
Daenerys, A Mãe dos Dragões é uma colectânea dos capítulos dedicados a esta personagem, presentes em A Guerra dos Tronos, a mais fantástica, elogiada, premiada e vendida série de fantasia da actualidade.


Mauro Bex : maurobindo

7 comentários:

Bongop disse...

Vou espreitar, tambem gosto deste género de literatura ! Se me agradr e houver em papel, por decerto vou comprar !

maurobindo disse...

Tás como eu, agarradinho à celulose!

He, he!

celtic-warrior disse...

Este género está cheio de adeptos, tanto que o mercado português já está saturado de obras deste tipo. Tudo isto na minha opinião.
Li o Eragon e ainda tou a meio do Eldest (tudo bem, este já é estrangeiro)e abdiquei um bocado desse tipo de leitura. Já me cansa um bocadinho, mas gostava ainda assim de concluir a trilogia do Eragon.
Senhor dos Anéis já tentei, mas as edições portuguesa... dão muuto sono :)

maurobindo disse...

Acho que te enganaste em quase tudo...
Vejamos, o género não está cheio de adeptos, longe disso, às vezes faz lembrar o pessoal bedéfilo, que se conta pelos dedos. O que acontece é que há muita gente que gosta de BD e deste género de literatura.
Mercado português saturado... mmm... isso meu caro, penso que nunca irá acontecer em Portugal, simplesmente porque as pessoas não lêem. Fala-se bastante neste género literário (que muitas das vezes não o é, nem em género nem em literatura) para tentar captar um público mais jovem, o que tem o seu valor. Novamente temos o fenómeno semelhante à BD, pois pensam que Fantasia é para miúdos e só para eles.
Quanto a achares que o "Senhor dos Anéis" dá sono, talvez ainda não seja a melhor altura de o leres. Guarda lá na estante e daqui a uns aninhos volta a pegar nele.

Já que estás a gostar dos livros do Paolini, aproveita e lê tudo o que há (os 2 que referiste). O problema desses livros é o que referi há pouco, são direccionados para um público mais novo, o que leva a grande maioria das pessoas desinformadas a achar que tudo o que é Fantástico é assim. Não quero dizer com isto que não preste ou que não goste, muito pelo contrário, mas é um enredo mais simples.
Lê Moorcock, Tolkien, Mervyn Peake ou Robert E. Howard. Aí vais travar contacto com o mundo Fantástico a sério.

Bongop disse...

Celtic, quando fores ler o Senhor dos Aneis tens que querer mesmo, pois não é uma leitura fácil ! De qualquer maneira aconselho sempre a leres os livros preparatórios:
- Contos Inacabados
- Silmarillion
- O Hobbit
E então leres a famosa trilogia !

Bongop disse...

Tens de ter coragem, mas no fim vais ter a agradavel sensação de teres lido uma grande obra !!!
Perfeita Celtic !

maurobindo disse...

A sugestão do bongop é excelente celtic. Se puderes lê o Hobbit primeiro. É óptimo para enquadrar o leitor na Terra Média e dá para perceber uma série de coisas no ínicio da Trilogia do Anel. E sim, é perfeita!