domingo, junho 16, 2013

Nova Iorque 4 - "Comic Book Stores" (ou "Viagem no tempo")

Como este blog não vai para novo, já mais de 7 anos de partilha de BD e afins com os internautas, e o post 500 está aí à porta, descobri que tinha em rascunho dois posts de 2008, um deles sobre a minha primeira ida a NYC e da sequência de posts que fiz na altura a propósito do Free Comic Book Day e outras curiosidades (Nova Iorque 2, Nova Iorque 1, Nova Iorque 3) e outro sobre Watchmen, assim que terminei a sua leitura (este post virá depois). Como os tinha começado, achei "justo" que constassem na conta original para atingir o post 500.

O primeiro, sobre algumas lojas de BD que visitei em NYC, estava inacabado (preparava-me para falar da Forbidden Planet, um ícone na cidade, e fiquei por ali, para mais tarde continuar, o que nunca cheguei a fazer) e sem fotografias (coloquei-as agora). O post de Watchmen está completo e irei colocá-lo aqui de seguida.

Fica um pouco daquilo que na altura consegui ver. Espero que se lá forem possam aproveitar como eu fiz. Ora vamos lá:

"Este é um daqueles posts essenciais para quem fez uma viagem ao país dos comics. Como prometido, um exclusivo sobre as várias lojas que consegui visitar.


As diferenças entre elas são enormes. Desde lojas gigantes de renome mundial, até à lojinha de comics lá do bairro, consegue-se encontrar de tudo um pouco em Nova Iorque. Comecei logo no primeiro dia por encontrar a primeira e completamente por acaso, a Midtown Comics de Times Square (dias mais tarde vim a descobrir a segunda Midtown Comics, também por obra do acaso). Que maravilha! Só do lado de fora já impressionava. Uma fileira de super-heróis de BD eram a melhor publicidade que poderiam fazer. Já a entrada, parecia minúscula perante aqueles símbolos todos. Como a loja começava num 1º andar (no interior, acesso a um 2º piso) subi a escadaria estreita e íngreme, decorada com posters e muitas imagens. Ao entrar, na caixa disseram que se podia fotografar. Ah, excelente! Assim sendo, ficam as imagens, que valem muito mais do que as minhas palavras de descrição do espaço. Só algumas notas, no piso 1 as novidades, revistas, graphic novels, manga, poucas estatuetas e paredes recheadas de back issues que valem bom dinheiro (esses estão sempre à vista dos trabalhadores da loja, não vá algum espertalhão aventurar-se a levar alguma coisa valiosa para casa sem pagar). No piso 2, essencialmente back issues, muitas estátuas e actions figures e a típica secção para adultos com direito a cancela e tudo! País dos hipócritas... mas vejam que vale a pena.

A loja seguinte foi a Gotham City Comics, no mítico Free Comic Book Day. Bem pequena e dasarrumada, adorei esta lojinha, que tinha os mais simpáticos funcionários que encontrei. Super prestável, lá veio um deles perguntar o que desejava. Queria back-issues... Encontrei alguns dos que procurava nesta loja. Ele ficou todo contente porque eu tinha uma lista, "oh, adoro quando os clientes vêm com uma lista do que querem. É um descanso para mim". Hehe!
Após os back-issues, como era dia de borlas lá trouxe uns 5 comics num saco de papel. Por falar em sacos de papel, todas as lojas colocam os comics em sacos de papel, em Portugal, nunca vi tal ser praticado. É pena... Lá desci, pedindo licença a 2 trabalhadores que estavam a pintar as paredes da estreita escada (a maioria das lojas de BD em Nova Iorque parecem estar enfiadas num 1º andar com acesso apenas por coisas íngremes e estreitas) e logo me vi cá fora, rumo à próxima.


Penso que a seguinte foi a Midtown Comics de Grand Central Station. Mais um primeiro andar, agora com acesso apenas por elevador, vá-se lá imaginar tal coisa. Mais uma boa loja, não tão imponente como a de Times Square, mas ainda assim enorme para os padrões portugueses. Back issues, muitos mas nada daquilo que procurava... Tive de me resignar e trazer 2 comics do Silver Surfer / Warlock (agora ando à procura do #1 e #4...), da carrada deles que lá havia e a um bom preço. Aliás, vi muita coisa antiga com preços bem baixos; devem ser daqueles que ninguém quer comprar por a história ser de fugir... espero ter tido mais sorte, pois ainda não li nada do que trouxe. Tinham nesta loja uma boa secção de tudo; para não variar, novidades, toneladas de back issues, manga, action figures e as revistas que ocupam lugar de destaque nos Estados Unidos. Por cá chega-nos pouca coisa. Quanto aos freebies, trouxe mais 5 para juntar à carga.


Neste último dia de sonho para qualquer amante da 9ª Arte, esperava-me a última loja a visitar, a Jim Hanley´s Universe, mesmo em frente ao Empire State Building. A que tem um Silver Surfer gigante na montra! Devo ter lá estado quase 1 hora dentro... tinham promoções bem porreiras de TPBs a 1US$, outras a 3US$ ou até a 6, 7 e 8 notas. Os comics das novidades à parte, poucos back issues e um pouco mais desorganizada que as lojas anteriores que visitei, pois estava tudo um pouco misturado e o espaço parecia pouco para tanta coisa. Não quero com isto dizer que loja era má, muito pelo contrário, apenas tinha uma disposição diferente das outras e à sua maneira. Só que levei mais tempo para encontrar o que queria. Aproveitei e comprei o vol.2 do Essential Silver Surfer, pois já tinha fisgado o vol.1 noutra loja. Por lapso, trouxe o livro de capas do Preacher, pensando que era um HC. Tive de lá voltar passados 2 dias para o trocar. Como não tinha nada do Green Lantern, trouxe o "Circle of Fire" que estava em promoção; espero ter feito uma boa compra. Após ter recolhido as minhas seleccionadas promos, lá fui até à banca dos free comic books: "quais posso levar?", "bem, podes escolher 5 aqui da mesa e destes que estão atrás de mim, podes levar os que quiseres na quantidade que quiseres". Hã?! Terei ouvido bem? A minha reacção foi a de trazer apenas um de cada. Hoje estou arrependido, pois podia ter trazido mais uns para a malta amiga... fica para a próxima. Para terminar estas linhas sobre esta loja, apenas uma curiosidade, iniciei-me no Naruto! Comprei lá o meu número 1, que espero ser tão bom ou melhor que o anime. A expectativa é alta.




Após fartos dias de BD, a coisa acalmou um pouco nestas andanças bedéfilas, para passados 2 ou 3 dias retomar a busca de algumas lojas que levava em mente e apontadas para visitar, se possível.
Uma das que mais esperava encontrar era a Forbidden Planet, local de culto para a malta dos comics de Nova Iorque. A loja é enorme e merece o seu prestígio.

Mais um dia, mais uma loja."

3 comentários:

Optimus Prime disse...

Foram uns dias de sonho já leste algo do que compraste!!??

Mauro ZiBex disse...

Foi excelente, principalmente por ter tido a sorte de apanhar e Free Comic Book Day!
Dos livros que trouxe li alguns, lembro-me principalmente do Green Lantern "Circle of Fire", por ter sido o 1º livro do Lanterna que li. Fiz um post sobr isso na altura: http://nona-arte.blogspot.pt/2012/04/green-lanterm-circle-of-fire.html

Silvia Duarte disse...

Boa tarde,

vou amanhã p Ny e pediram-me para comprar um boneco do optimus prime, sabe me dizerse o encontro em alguma destas lojas? é que fui à forbidden planet e online não o tem e os outros são pequenos para o que me mostraram.

Obrigada,
Sílvia