segunda-feira, junho 25, 2007

FF: Rise of The Silver Surfer



Ora lá fui eu este fds até uma sala de cinema perto de mim, para ver o meu adorado Surfista Prateado. Sim, pois sou sincero e digo mesmo que pouco me estou nas tintas para o Quarteto Fantástico. Queria era ver o Surfer! Sobre o filme pouco haverá a dizer, já que a riqueza do enredo deixa um pouco a desejar. Os diálogos pouco profundos e a interacção entre protagonistas é pobre, mas para um filme que é destinado a um público mais jovem é compreensível. No fundo, e como já disse, tudo gira à volta do Surfer e da sua missão habitual, alimentar a insaciável fome a Galactus, o devorador de mundos (ainda pensei que o "todo poderoso" aparecesse lá para o fim, mas nada). A história segue alguns padrões habituais, acabando o Surfista por se voltar contra aquele que serve, evitando assim que a Terra desapareça do cosmos para sempre. Mas parece-me que este não irá esquecer a ajuda que teve dos 4 heróis, prometendo assim um 3º filme. Surpresa foi saber que Lawrence Fishburn tenha sido o escolhido para fazer a voz do Prateado, desde já uma excelente escolha. Stan Lee volta a aparecer, num momento de descontracção, deixando o seu toque de humor. Digo-vos isto: pelo Surfer vale tudo a pena. Não se arrependem certamente.



Mauro Bex : maurobindo

7 comentários:

_Loot_ disse...

Foi dos piores filmes que vi este ano, não gostei nada.
E curiosamente não gostei da voz do surfer apesar de gostar bastante do Lawrence Fishburn achei que não combinava, mas isso foi o menos.
E claro que como o surfer é dos meus heróis favoritos este não gostar ganhou uma nova dimensão lol

maurobindo disse...

Quando se gosta, a malta faz uns sacrificios. O Surfer merece.

Carla disse...

OOh pá, eu quando era pequena, gostava de ter um namorado como o Surfista Prateado...

Há outras que esperam pelo príncipe encantado, ehhehehhe.

E não é que nem um nem outro existem?

maurobindo disse...

Mas tou cá eu cariño! Não sou príncipe nem surfista mas é o que se arranja. Bejufas!

celtic-warrior disse...

Acho uma pena o Surfista ter sido usado numa franquia tão fraca como a do Quarteto. O rapaz até tem muito potencial, aliás, demasiado. Mesmo assim não vou, nem apenas por ele.

Anónimo disse...

Eu tambem gostei,achei divertido no melhor estilo sessão da tarde,este pelo menos ja parece o Quarteto que no meio de uma crise mundial,ainda tem tempo para discutir entre eles sobre coisas mundanas,gostei dos efeitos especiais do Surfista,do Tocha Super Skrull,do Fantasticar,da quimica Frankie/Johnny,so não gostei do Doom que ainda não convence e ja esta a servir de saco de pancadas,e do Galactus oun la o que era que teve um fim a despachar,e supostamente era um ser muito poderoso que foi derrotado facilmente.
Nota:2.5/5 ou 5/10

Abraços
Grimlock

maurobindo disse...

Como tinha dito, fiquei na esperança de que o Galactus aparecesse no final. Mas nada... Uma nuvem cósmica, muita poeira e nada de Galactus. Ficou a prometer sequela.