quarta-feira, abril 25, 2012

"Os Vingadores, um por um" ou "As más adaptações dos Super-Heróis à 7ª Arte"

Há alguns anos a Marvel avançou com o projeto "Os Vingadores" para a grande tela (que estreia hoje em Portugal). Antes de avançar com qualquer crítica, relembro a fama, a má fama dos filmes de Super-Heróis e Banda Desenhada, não pelas personagens e o seu conteúdo riquíssimo no universo da 9ª Arte, mas pelas más adaptações e argumentos fracos que fizeram de quase todas elas um foco de chacota e desvalorização. No entanto, pasme-se, salas de cinema cheias! E é aqui que o fenómeno se inverte. Inverte no sentido da lógica, por duas razões: primeiro, por "ninguém" ler BD, logo, não conhecer as personagens, o seu percurso histórico, o seu mundo; segundo, sendo este público menos conhecedor das histórias de BD, o que os atrai até a um cinema? Simples digo eu: divertimento rápido, acção, porrada e destruição, coisas a voar, a serem partidas e uma tarde bem passada (ou não) a comer pipocas.

Como a história não me deixa inventar nada, seja Marvel, DC ou qualquer outro portento do meio, as personagens sempre foram mal exploradas e o conto contado em filme saiu quase sempre uma grande borrada. Eu tenho uma teoria, a de que quem escreve argumentos para personagens como Batman, Superman, Hulk, Red Sonja e afins, não deve ler Banda Desenhada. Ou fá-lo uns meses antes de iniciar um guião. Eu creio que um verdadeiro apaixonado por uma determinada personagem, argumentista ou realizador, ficaria extasiado se lhe propusessem escrever ou dirigir determinada figura (tão marcantes que vincam uma cultura, tendências, emoções e formas de estar que se enraizaram no inconsciente coletivo de um povo, neste caso especifico, dos E.U.A.).

Blá, blás à parte, passemos às imagens, estáticas e dinâmicas, do projeto "Os Vingadores". Em 2008 foram lançados 2 filmes: "Iron Man" e "The Incredible Hulk". O primeiro filme é, no meu ponto de vista, o melhor de todos os que compõem esta caminhada dos Avengers. Tony Stark é perfeito na pele de Robert Downey Jr., com a sua classe, ironia e humor, mente brilhante e visionário. É interessante observar a transformação do homem Tony Stark após o seu cativeiro e a construção daquilo a que viria a ser o famoso Homem de Ferro. Gwyneth encaixa como uma luva em Pepper Potts.
Já o segundo filme, uma pobreza... Hulk tem um excelente ator, vários aliás, mas um enredo muito, muito fraco, que se perde em rebentamentos excessivos e deita por terra a força do que Hulk poderia ser. O final é o melhor para mim, apesar de ser apenas um detalhe, o Hulk aprende a gerir o poder que tem e isso dá-nos a sensação de que novas portas se poderiam abrir, mas tal não aconteceu.





Em 2010 novo filme, "Iron Man 2". Com excepção de Terrence Howard que deu lugar a Don Cheadle (Rhodes), o elenco principal mantém-se, algo que penso ser fundamental. Mas o estigma dos filmes sobre Super-Heróis tende a querer ficar... Uma queda considerável de qualidade deste para o primeiro filme do ferroso, mesmo que surja o conceito de War Machine e a Black Widow nos seja dada a conhecer. Novamente, excelentes atores, mas uma história que podia ter contado mais e melhor. Entretém mas não convence como a película de 2008.

Em 2011, 2 novos filmes são lançados: "Thor" e "Captain America: The First Avenger". Vamos por partes, "Thor" traz-nos o mundo de Asgard, a mitologia nórdica e os seus deuses. Sempre achei arrojado a Marvel pegar na mitologia de um povo e adaptá-la à BD. No filme, temos um Thor jovem, ingénuo e com um ego inchado até mais não. Até que o seu pai, Odin, que nada faz por acaso, expulsa o seu filho de Asgard para Midgard (o planeta Terra). Temos um Loki manhoso e bem conseguido, um bando de amigos de Thor fracos em carisma e uma renovação do Deus do Trovão que dá corpo ao filme. É-nos apresentado Hawkeye, que ainda não entendi bem se será dispensável nesta saga. Bons efeitos, personagens carismáticas e um Thor que cresce e cai nas teias do amor terreno.
"Captain America: The First Avenger", como dizer... Faltam-me palavras para descrever o quão seca foi assistir a este filme. Pegaram num ator que já tinha feito de Human Torch e tornam-no Capitão América. O Red Skull tem carácter, malícia suficiente, ambição para mostrar que a ciência e a magia não andam tão longe uma da outra, e prova novamente que os maus da fita são sempre mais apetecíveis. Também gostei de ver como surge o grupinho Hydra. De resto, custa ver. À semelhança de "The Incredible Hulk", o final é o melhor do filme, quando o Cap acordo no nosso século após 70 anos em hibernação.




Pegando em tudo isto, chocalha-se com força e saem daqui "Os Vingadores". Não espero nada deste filme. Pelo trailer dá para perceber que muita coisa será destruída, partida, rebentada e outros tantos sinónimos. Mas, não quero bater no ceguinho antes de o ver. Não no cinema, em casa, como fiz com todos os outros à excepção do primeiro "Iron Man". Se gostarem do que viram, por favor avisem. Vamos ver o que esta super equipa faz. "Director Fury, I think it´s time."




Para concluir este post mais do que longo, diria que o ponto forte destes filmes são os atores escolhidos: Robert Downey Jr., Edward Norton (que deve ter querido por-se a milhas do projeto, pois não é ele que interpreta o verde n´"Os Vingadores"), Liv Tyler, Scarlett Johansson, Gwyneth Paltrow, Samuel L. Jackson, Terrence Howard, Don Cheadle, Mickey Rourke, Tim Roth, William Hurt, Jeff Bridges, Natalie Portman, Anthony Hopkins, Rene Russo, Hugo Weaving, Tommy Lee Jones, e outros que me agradaram bastante, tal como Chris Hemsworth (Thor) e Tom Hiddleston (Loki).

 Aguardo com alguma expectativa os novos "Iron Man 3" e "Thor 2". Até lá, esperemos.

12 comentários:

Merymyra disse...

I think that just for the voice of Thor and the irony of Stark, vale a pena ir assistir :) que achas ? podemos sempre comer pipoca e conversar quando o Captain america e Hulk aparecem no ércan ? :D

maurobindo disse...

Hahahaha!
Sim, dá sempre para nos distrairmos com outra coisa ;)
Mas esses dois foram os melhores, principalmente o primeiro Iron Man :)

Merymyra disse...

Sim....... Iron man quando voa, é chic, érgonomique, charismatique et super technologique.
Thor, has a very sexy voice and attitude, a Blond God, just like you ;)
Vamooooooooos ver logo a noite se a chuva nos deixa?

tadeu disse...

ola :)
as adaptações quando analisadas, todas elas cometeram erros em prol de "adaptá-las" ao grande ecrã.
vi obras como sin city serem adaptadas e bem conseguidas no resultado final como vi o maior tiro no pé com "a liga extraordinária..."
com os heróis da marvel leio alguma coisa, principalmente origens na página da marvel e tento ver o fio condutor.
o que mais faz confusão é a exclusão do ant-man e wasp, membros originais. apesar de ver em kevin feige um grande gestor, esta nova idéia que se passa, em prol da diversão cinematográfica, se não houver curiosidade para querer saber mais, ainda nos dizem "não percebes nada, o ant-man não faz parte do grupo. eu vi o filme!" :)
o hulk é o que perde mais e nem edward norton, fã confesso do personagem deu a volta a questão. sai da marvel porque bateu de frente com eles sobre a direcção que o personagem estava a ter.
eu vou ao cinema. pelo preço que é uma sessão, tem de ser um espectáculo assim.
se gostar, digo coisas ainda que esteja anos luz do teu conhecimento não foste este cantinho(e o alternative prison) obrigatórios :)
boa semana. abraço!!

maurobindo disse...

Bu, acho que vamos ter de deixar "Os Vingadores" (com sotaque) para depois ;)

Olá Tadeu.
Quando iniciei o post procurei mostrar no título que a meu ver, as más adaptações da BD feitas ao cinema são as dos super-heróis. Hoje vi que o Loot do Alternative Prison fez um post onde menciona o que para ele são as 10 melhores adaptações da BD à 7ª Arte, e apenas um filme é de super-heróis. Achei interessante, pois adoro filmes como Sin City, 300, A History of Violence ou Watchmen.
Quando falas do Edward Norton dá-me vontade de rir, pois ele acabou por sair precisamente por não estar de acordo com o que estavam a fazer a Hulk.
Fico a aguardar o teu ponto de vista sobre o filme. Espero que curtas!
Um abraço.

Loot disse...

Este é no cinema Mauro, é de todos a melhor adaptação, Tem um tipo que percebe de BD ao leme, que soube desenvolver as personagens e tem o espírito de diversão da BD. É muito bom.

De resto concordo que Iron Man, dos filmes que falas, é o melhor e o hulk o pior. Eu sou da opinião que deviam dizer que o do Ang lee é que faz ponte com isto.

o Captain America não achei mau. Tem um forte início mas a meio perde gás, torna-se aborrecido, é verdade. Mas o Evan está bastante bem no papel e neste Avengers, está um Captain mais maduro, com mais para fazer, gostei muito.

O Thor é talvez a adaptação mais tramada de todas, não é dos melhores mas foi um bom filme, eu gostei. Boas escolhas de actores aqui também, não só no Thor, mas no Loki.

Abraço

Loot disse...

Agora li o teu comentário sobre a minha lista :P
Tem dois de super-heróis, o dark knight e o X-Men 2 que são mesmo aqueles que mais gosto dentro deste género. Hoje já teria os avengers também e o Iron Man e Hellboy não entraram por um fio. Isto para dizer que há muito boas adaptações de super-heróis, infelizmente há muita coisa que não interessa também :S

A lista também é só com filmes pós-2000, caso contrário o Batman de Burton e o Superman de Donner figurariam :)

Os restantes filmes que meti, são fantásticos, alguns dos mais importantes que saíram na passada década, por exemplo, o Oldboy. Também vêm de material muito bom, mesmo em termos de BD tentei ter a lista diversificada nos géneros.

Abraço

maurobindo disse...

Ok, já me convenceste a ir ao cinema... :)

Concordo contigo, há boas adaptações de super-heróis, mas no geral, infelizmente, não o são. Tenho de ver alguns dos filmes que colocaste na lista, não conheço muitos deles e fiquei bem curioso.

Já viste o Renaissance? É passado no futuro, em Paris, totalmente a preto e branco. Mas não tem origem em BD, apesar do estilo fazer lembrar muito.

tadeu disse...

ola mauro,
eu cito que o Ed Norton sai por broncas com a Marvel. percebeste o contrario? :)

fica tranquilo, depois dou um "alô" sobre #avengers :)

maurobindo disse...

Sim Tadeu, entendi isso mesmo, daí ter dito que me dá vontade de rir, porque mesmo com ele saindo não mudaram grande coisa no argumento. Pena...

O Gabriel já andou a dizer que vale muito a pena, como podes ver em cima.

Abraço,

tadeu disse...

ola Mauro.
já fui picar o ponto na sala de cinema.
o raio do filme é bom...muito bom!! :)
agora é contigo :) espero que a expectativa do Gabriel e a minha, caso vás, possa também te contagiar :)
bom fds :)

maurobindo disse...

Olá Tadeu.

Eu também fui ver no domingo passado, adorei o filme e até quero repetir. Achei muito mais bem construído que a maioria dos outros filmes, apesar de o primeiro "Iron Man" ser excelente. Ri-me à brava com montes de cenas e no final o aparecimento do Thanos deixou água na boca :)

Vocês dois querem voltar a ver o filme?

Abraços,