domingo, janeiro 10, 2010

Fumetti de Como

Itália mostrou-se generosa em termos de Banda Desenhada. Confesso que fiquei surpreendido em não ter encontrado uma única livraria especializada em fumetti na cidade de Milano, tendo em conta a tradição que os italianos têm em BD, felizmente (para eles) bem diferente da portuguesa.
Mas em Como a conversa já foi outra. No meio de quase nada entrei numa pequena papelaria e encontrei a revista Animals (ver post a respeito). Depois, na cidade de Como, na lindíssima livraria Ubik situada num edifício do séc XVI, encontrei vários exemplares da série regular Dylan Dog e Tex, tendo trazido Dylan Dog "Mater Morbi" (ver post), tutto Tex "Jack Thunder L´Implacabile" e Tex #551 "Strada Sbarrata". Todos estes livros estavam junto a comuns revistas, o que demonstra a realidade italiana de consumo habitual de fumetti. No primeiro andar da livraria, dirigi-me à secção de BD, onde o problema maior foi escolher algo genuinamente italiano, já que as opções eram mais que muitas. Acabei trazendo "Alta Infedeltà - il meglio dell´eros italiano a fumetti", de vários autores italianos; são eles Marco Nizzoli, Roberto Baldazzini e Elena La Spisa, Maurizio Rosenzweig, Magnus, Bruno Brindisi, Massimo Rotundo e finalmente, Giorgio Cavazzano. Ainda não li este livro, mas em breve farei um post a propósito, assim que a sua leitura estiver terminada. Não conheço nenhum dos autores, o que me deixa com mais vontade de lhe "deitar as mãos".
Até lá, boas leituras!


Mauro Bex : maurobindo

3 comentários:

Loot disse...

A viagem por Itália foi produtiva em BD também pelo que vejo :P

Os livros estão escritos em italiano?

Manuel Frederico disse...

Devem ser,o Mauro agora é Fumeteiro.lloo

maurobindo disse...

Sim, os livros estão todos em italiano e lê muito bem, mesmo para quem não esteja habituado, que é o meu caso.
Yep, tou fã dos fumetti! :)