terça-feira, outubro 09, 2012

Reler Star Wars

Por vezes olho para a estante e pergunto-me se a estória que faz aquele livro ficou na minha memória. Muitas vezes são fragmentos, outras tantas o puzzle quase completo, mas na maioria dos casos a verdade é outra, a estória devaneceu-se quase por completo...  

Foi por isso que reli recentemente alguns títulos da saga Star Wars. Passo a mencioná-los, numa tentativa de "abrir apetites" com uma breve descrição de cada livro. Deixo os livros pela sua ordem cronológica, pois alguns deles acabam por ter ligações em alguns detalhes, o que é sempre fascinante.




Star Wars: Darth Maul

Maul é Maul! É um dos vilões mais bem conseguidos em Star Wars. Arrisco-me a dizer que só Vader o supera e mesmo assim... Darth Maul é discípulo de Darth Sidious e neste enredo tem uma missão, destruir toda e qualquer réstia do grupo criminoso Black Sun. Maul é tão determinado que fascina, a sua entrega é cega e não olha a modos para atingir os seus objetivos, mesmo que tenha de chacinar a valer para cumprir os seus preceitos. Depois deste episódio, penso que Qui Gonn e Obi-Wan seriam o próximo alvo a abater.


Star Wars: Rite of Passage

Este foi dos primeiros TPBs de Star Wars que comprei. Li-o logo assim que me caiu nas mãos. Na época adorei o Jedi Quinlan Vos. Finalmente um Jedi que quebra protocolos, que não se arma em certinho o tempo todo e que ouve a Força com sabedoria! E desta vez senti o mesmo, Vos é uma personagem muito bem conseguida e neste rito de passagem, tanto ele como a sua padawan Aayla Secura, provam o seu valor perante as muitas adversidades da sua missão, salvar o herdeiro Twi´lek das mãos do seu tio ganancioso. Pelo caminho deparam-se com dois poderosíssimos Morgukai, pai e filho de uma raça guerreira quase extinta e se lerem o livro é fácil perceber o porquê. Dooku também se mostra e estende as suas "garras" em tramas maquiavélicas. No fim, passarão Mestre e padawan a sua prova de passagem?


Star Wars: Shadows of The Empire

Temos Vader, Luke, Leia, Boba Fett, Xizor, Sidious e tantos outros. O leque de "estrelas" é tão grande neste TPB que se espera algo de sério. Como sabemos pelo filme "Star Wars: The Return of The Jedi", Han Solo está nas mãos de Boba Fett e vai a caminho de Tatooine para ser entregue a Jabba. Mesmo com um prémio alto pela sua captura, Fett não esperava tantas dificuldades para fazer Solo chegar ao seu destino. Mais do que Luke ou Leia, os seus companheiros de profissão tentam dificultar-lhe a vida ao máximo e quase que conseguem. Enquanto isto se passa, a princesa tenta aproximar-se de Xizor, líder da associação criminosa Black Sun, mas a coisa dá para o torto; no entanto, Chewbacca é sempre um bom trunfo e um amigo leal a ter por perto. Enquanto isto se desenrola, Luke passa por várias provas de fogo na sua demanda para se tornar um Cavaleiro Jedi. Este é um livro muito importante que preenche o espaço vazio entre os filmes V e VI da saga de George Lucas, e mostra-nos como o universo de Star Wars é infinito.


Star Wars: Mara Jade, by Emperor´s Hand

Para quem não conhece Mara Jade, este é um bom livro para começar. Esta ruiva é a mão do Imperador, não é Jedi, não é Sith, mas tem algum jeito com a Força. E isso vale-lhe bastante. Os eventos deste livro passam-se até ao ponto em que Darth Vader assassina o Imperador e Mara Jade sente-o na hora. Como em qualquer outra realidade, o que domina é o poder, e com a morte de Darth Sidious muitas são as serpentes venenosas a quererem o lugar vago. Ao mesmo tempo, as "mãos" caem e facilmente se trocam por outras. Mara Jade vê-se dentro de uma trama para a matarem e foge para se recompor deste jogo mesquinho. Numa espécie de exílio, trava contacto com membros da associação Black Nebula, uma teia criminosa que decidiu dar continuidade ao extinto grupo Black Sun, que no seu fim era liderado pelo Príncipe Xizor. Conseguirá Mara completar a sua última missão e honrar o falecido mentor?


Star Wars: Chewbacca

Que ninguém fique chocado, Chewbacca morre! Neste TPB saberemos como e onde a bola de pêlo mais famosa da galáxia tombou. C-3PO e R2D2 fazem uma série de entrevistas a personagens emblemáticas da saga, pedindo-lhes que contem a sua melhor memória sobre Chewbacca. Desde a sua esposa a caçadores de prémios, passando por Han Solo ou a Princesa Leia, muitas caras conhecidas contam o que Chewie tinha e fez de melhor enquanto viveu. Uma boa seleção de contos importantes que dão mais profundidade à personagem que tantas vezes tem um ar meio tolo e burro no ambiente dos filmes, mas que aqui prova muito em contrário.


Star Wars: Bounty Hunters

Nesta compilação de contos temos uma história rara de Boba Fett e isso já é motivo suficiente para ler todo o livro. Para além de Fett, Aurra Sing, Bossk, 4-LOM e mais uma boa mão de caçadores de prémios vêem algumas das suas caçadas aqui representadas. Para além da estória de Fett, destaco a de Kenix Kil, um ex-Royal Guard do Imperador, que mostra bem o que é ter atitude de bounty hunter.



Espero que vos tenha despertado algumas vontades. Se nunca leram nada de Star Wars, têm aqui 6 bons livros para se iniciarem nesta longínqua galáxia.
Nota: Star Wars: Bounty Hunters não tem aplicabilidade ao timeline, já que contém histórias de épocas bem distintas.
Boas leituras!

2 comentários:

Rui Esteves disse...

Viva Mauro,

Sou fan do Universo de Star Wars, mas confesso que ainda não li nenhum destes livros. Mas pela descrição devem ser interessantes.

A minha era favorita é a da Old Republic. Sugiro as compilações da Dark Horse Tales of the Jedi.

Abraço.

MauroZiBex disse...

Olá Rui.

Eu também gostei muito da era Old Republic. Foi nessa época que me embrenhei mais nos comics Star Wars e desde então tenho seguido sempre várias histórias.

Um período que gostei bastante foi o Legacy, passado no futuro. Nesta época foi quebrada a regra dos Sith,em que há apenas um Sith e um discípulo. Foi uma época com mais 50 comics, recomendo vivamente.

Tenho este blog dedicado exclusivamente ao universo Star Wars, podes sempre acompanhar algumas coisas por aqui:
http://starwars-jediacademy.blogspot.com/

Um abraço,